Refinanciamento de imóveis

  Ads  

O que é refinanciamento de imóvel?

 

Com baixos salários e altos preços de mercado, o consumidor brasileiro encontra dificuldades para arrecadar recursos para efetuar seus projetos, especialmente quando precisa de um grande investimento.

Se você deseja iniciar seu próprio negócio, remunerar uma grande dívida ou comprar uma nova casa, um empréstimo com garantia é uma boa alternativa. Este método fornece mais crédito ao cliente.

O crédito com garantia imobiliária, como o próprio nome indica, é um contrato de empréstimo entre um banco ou empresa financeira, e a pessoa física, em que o pagamento da dívida é garantido pelo imóvel do cliente.

  Ads  

Em outras palavras, o banco reduz seu risco de perda caso o indivíduo não honrar a dívida pois o bem garantido será utilizado para pagá-lo em sua ausência.

Como funciona o refinanciamento imobiliário?

A princípio você cederá seu imóvel à instituição financeira, pois servirá como garantia do valor solicitado, a fim de obter o crédito que foi pedido. Ou seja, o refinanciamento imobiliário é um tipo de empréstimo em que seus bens funcionam como garantia e, claro, como base de análise para concessão do crédito desejado.

Este imóvel será avaliado e uma porcentagem do seu valor será liberada ao final do processo e o pagamento será feito imediatamente ao solicitante do refinanciamento.

Qualquer pessoa que tenha imóveis registrados em seu nome pode solicitar o refinanciamento de imóveis. Mas é importante deixar claro que os pagamentos do empréstimo serão limitados a 30 % da renda líquida do solicitante.

O contratante pode usar o limite à vontade e esse valor varia entre R$ 20.000 e 50 % do patrimônio dependendo da retribuição de cada pessoa. Sem recontar que o prazo de pagamento aumentou: Os empréstimos para refinanciamento de imóveis podem ocorrer em 240 meses.

Além disso, um processo na mensalidade, pois ela é descontada automaticamente da conta corrente e ameniza. Isso simplifica a renovação pontual dos pagamentos e evita a perda de ativos.

  Ads  

É importante destacar que quem se candidata a esse tipo de financiamento tem diversas vantagens, uma vez que a instituição financeira detém a garantia do imóvel. Isso significa que, se o contratante parar de fazer pagamentos. Ele pode perder seu apartamento ou casa.

Para quem tem um bom planejamento financeiro, o refinanciamento da casa pode ser um ótimo recurso para te ajudar a ganhar crédito. O ideal é sempre remunerar suas parcelas em dia e evitar problemas futuros.

Empréstimo com garantia de imóvel é confiável?

Um empréstimo à habitação não é tão conhecido como um empréstimo pessoal ou um empréstimo pessoal, e é por isso que algumas pessoas têm medo deste tipo de empréstimo.

Devido às suas taxas de juros mais baixas que os empréstimos tradicionais, é habitual o gerente do banco não mencionar essa opção, por ser menos lucrativa.

A verdade é que o crédito à habitação é uma opção confiável e excelente para quem precisa de uma grande soma de dinheiro com juros baixos e reembolso a longo prazo.

A taxa de juros de um empréstimo com garantia fica entre 1 % e 2 % ao mês, em comparação com o empréstimo pessoal, que pode chegar a 27 % ao mês.

O empréstimo imobiliário é uma opção segura para quem tem imóvel próprio, residencial ou comercial, e deseja garantir sua aprovação em um empréstimo de alto valor.

O contrato foi devidamente discutido com o cliente E a condição do imóvel é registrada em cartório até o vencimento do contrato.

Quando o refinanciamento imobiliário é a melhor opção?

Como o refinanciamento imobiliário traz um valor considerável, que é custeado de um só vez ao candidato, ele pode ser utilizado de diversas formas.

  Ads  

Requerimentos para o refinanciamento de imóvel

Em primeiro lugar, é essencial que a pessoa seja proprietária de um imóvel ou seja, um imóvel em seu nome, e que o imóvel esteja devidamente regulamentado.

Isso por si não é suficiente para pessoas com ações. É importante que o proprietário apresente a escritura. Sem este documento não é possível provar quem é o proprietário do imóvel.

Além disso, o cliente deve comprovar que possui renda suficiente para honrar o pagamento das parcelas. Os pagamentos do empréstimo não podem exceder 1/3 da sua renda mensal.

Esse recurso é observado para ajudar os clientes a manter sua qualidade de vida e evitar dívidas. Digamos que sua renda mensal seja de 4 mil reais. Consequentemente, o valor da parcela do empréstimo não pode exceder Rs 1200 por mês.

Você pode solicitar um refinanciamento imobiliário mesmo que o nome da pessoa seja negativo. No entanto, as instituições bancárias costumam aumentar as taxas de juros de empréstimos a clientes com nome sujado devido ao risco de inadimplência.

Por isso, certifique-se de que a taxa de juros das parcelas cabe no seu orçamento para evitar dívidas.

 

  Ads  
cdd
cdd