Saque PIS

  Ads  

A Caixa Econômica Federal fechou os depósitos do abono salarial Pis/Pasep  em 31 de março deste ano.

Entre 8 de fevereiro e o último dia do mês anterior, mais de 24 milhões de trabalhadores receberam o valor de R$ 1.212, referente ao abono básico 2020.

No entanto, este não foi o único saque que o banco emitiu este ano. Milhares de brasileiros ainda podem recorrer a abonos salariais de calendários anteriores para resgatar saldos parciais esquecidos.

Confira a lista de saques do Pis/Pasep disponíveis em 2022.

  Ads  

Pis/Pasep 2020 ainda disponível

Cerca de 478 mil brasileiros ainda podem sacar o auxílio Pis/Pasep pago em 2022. O calendário distribuiu benefícios entre fevereiro e março para os 24,3 milhões de brasileiros com carteira assinada no ano-base de 2020.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, mais de 125 mil trabalhadores do setor privado ainda não tiveram o abono do Pis retirado.

O Pasep, por sua vez, é pago pelo Banco do Brasil e mais de 353 mil servidos também não realizaram o saque.

Dessa maneira, o prazo de retirada para ambos os grupos é 29 de dezembro de 2022.

Brasileiros que trabalham com carteira assinada há pelo menos 30 dias no ano-base (2020) têm direito ao abono salarial Pis/Pasep. Originalmente, o abono deveria ser depositado entre junho do ano passado e o primeiro semestre deste ano, mas o governo federal adiou o calendário.

Para saber se você tem direito ao Pis/Pasep, o cidadão pode solicitar a consulta do CPF por meio da carteira de trabalho digital.

  Ads  

Além do período mínimo de 30 dias de carteira assinada, os trabalhadores devem estar cadastrados no Pis/Pasep há pelo menos 5 anos, receber remuneração de até 2 salários mínimos no ano-base e estar com seus dados devidamente informados ao Inventário Anual de Informações Sociais (RAIS).

A Secretaria do Trabalho também divulgou prazos para os trabalhadores não habilitados para Pis/Pasep, mas que têm direito a benefícios no calendário atual, o qual segue abaixo;

Pis/Pasep 2019 ainda disponível

O segundo saque do PIS concedido pela Caixa Econômica Federal refere-se ao abono salarial dos funcionários com contrato regular em 2019.

Este ano, cerca de 320 mil trabalhadores podem pleitear saques de Pis/Pasep “esquecidos”, ou seja, valores não sacados entre 2020 e 2021.

Para o abono salarial de 2019, as regras são as mesmas acima – carteira assinada de pelo menos 30 dias no ano, cinco anos de registro no Pis/Pasep e salário médio de até dois salários mínimos (R$ 2.200).

Os trabalhadores devem apresentar recurso administrativo, via e-mail ou num dos departamentos competentes do Ministério do Trabalho, com pedido de levantamento do subsídio esquecido.

De acordo com a Dataprev, o prazo de inscrição para o grupo deve ficar aberto até 31 de maio.

Para os brasileiros que trabalharam por pelo menos 30 dias nos dois calendários base (2019 e 2020), essas pessoas poderão sacar o Pis/Pasep duas vezes.

Revogar cota de Pis/Pasep

Por fim, o último bônus salarial sacado da Caixa teve cerca de 10,5 milhões de brasileiros, os mesmos trabalharam com carteira assinada entre 1971 e 1988.

  Ads  

A retirada da cota Pis/Pasep continuará até 1.º de junho de 2025.

Para obter esse dinheiro, nada é necessário. A Caixa informa que os trabalhadores correntistas (com conta-corrente ou poupança) podem ter recebido automaticamente o valor na conta.

Os saques podem ser feitos com Cartão Cidadão e PIN em quiosques de autoatendimento, lotéricas e agentes Caixa Aqui, até o limite de R$ 3.000.

Para quem não creditou em conta ou não é titular de conta na Caixa, a cota do Pis/Pasep pode ser sacada mediante apresentação de documento oficial com foto em uma agência bancária.

Caixa tem aplicativo de consulta Pis/Pasep

Os trabalhadores que desejam ver a data de recebimento dos benefícios e o valor a que têm direito podem usar o Aplicativo Caixa Trabalhador ou a Carteira de Trabalho Digital.

Para consultar o PIS/PASEP pelo aplicativo, basta baixar o Caixa Trabalhador e digitar o número do NIS e clicar em “Acessar”.

O aplicativo mostrará se algum valor de abono de folha de pagamento está disponível. Se houver, será necessária uma senha para saber o valor exato do benefício que o trabalhador receberá.

No aplicativo Caixa Trabalhador, também é possível consultar o cronograma de pagamento do PIS/PASEP. Mais informações sobre o Abono Salarial também podem ser acessadas no site da Caixa, pois, o banco administra o programa.

  Ads  
cdd
cdd